Boi: com pressão compradora, preços seguem em queda

09/10/21
Por: Redação T&C
evertonneves25@yahoo.com.br

Apesar do intenso ritmo das exportações brasileiras nas últimas semanas e da baixa oferta de animais para abate, os preços internos da arroba estão em movimento de queda. No acumulado de setembro, o Indicador do boi gordo CEPEA/B3 (estado de São Paulo) caiu 7%. Nos últimos sete dias (de 29 de setembro a 6 de outubro), especificamente, a baixa foi de 4,7%, com o Indicador fechando a R$ 280,90 nessa quarta-feira, 6.

Segundo pesquisadores do Cepea, a pressão vem da retração de compradores, que se afastam das aquisições de novos lotes de animais para abate. No caso dos frigoríficos que trabalham apenas com o mercado doméstico, o recuo nas compras se deve às fracas vendas de carne nos atacados brasileiros, devido ao fragilizado poder de compra da maior parte da população. Já quanto às unidades exportadoras, compradores evitam alongar as escalas de abate, diante da ainda manutenção da suspensão dos envios de carne bovina à China.

Fonte: Cepea

Foto: Pixabay