Canguçu recebe o Prêmio Ulysses Guimarães de Educação

29/11/23
Por: Redação T&C
evertonneves25@yahoo.com.br

Na noite desta terça-feira (28), o município foi premiado na categoria “Alcançar” do Prêmio Ulysses Guimarães de Educação com o projeto EDUCCAN - Educação do Campo de Canguçu. A cerimônia ocorreu no Teatro Royal Tullip, em Brasília.

O Prêmio foi instituído com o objetivo de estimular o protagonismo dos municípios em prol da qualidade da educação no Brasil, reconhecendo aqueles que fazem diferença. As premiações foram concedidas em cinco categorias: ampliar, implantar, alcançar, desenvolver e modernizar.

O Prefeito de Canguçu, Vinicius Pegoraro, destacou o pioneirismo e a força do projeto EDUCCAN no município. Pautou, também, sobre a perspectiva de formar - através da iniciativa - uma geração comprometida com o campo e preparada para enfrentar os seus desafios:

“É com satisfação que investimos nas práticas voltadas à educação no campo. Ao pensarmos nesta pauta, solidificamos um importante planejamento de futuro, o qual repercutirá positivamente não apenas nas comunidades escolares, mas na comunidade canguçuense como um todo.” 

Estiveram representando o município no evento: Vinicius Pegoraro, Prefeito de Canguçu; Diego Wolter, secretário de Educação, Esportes e Cultura; Margareth , da equipe da SMEEC; e Fernanda Jardim Barbosa da Fonseca, secretária de Administração.

O PROJETO

O projeto Escola do Campo de Canguçu (EDUCCAN) trata-se de uma iniciativa da Secretaria de Educação, Esportes e Cultura, sendo referência em educação de qualidade em turno integral. A metodologia teve seu início em 2018 atendendo cinco escolas, após seu sucesso visível e comprovado no rendimento dos alunos, a Escola do Campo passou a atuar em 10 escolas do interior do município.

A Escola do Campo tem como proposta delinear no ambiente escolar um período de turno integral, em que seja trabalhado o currículo básico juntamente com métodos e projetos voltados para a valorização da vida no meio rural. As formas de trabalho da EDUCCAN englobam atividades no campo, ações sustentáveis, alternativas para o fortalecimento da agricultura e aprendizagem de alternativas que acrescentem qualidade de vida no campo, sem deixar de lado a base nacional comum curricular.

Fonte: Luiz Almeida /Assessoria de Imprensa Prefeitura Municipal de Canguçu.